terça-feira, 6 de janeiro de 2015

SIPAT - HUMOR SEMPRE VENCE A CHATICE !

MISTURANDO TEATRO COM PALESTRA, UM LONDRINENSE CRIOU UMA EMPRESA QUE RESOLVE A VIDA DO EMPRESÁRIO.
SIPAT - HUMOR SEMPRE VENCE A CHATICE !
Quem trabalha em grandes empresas já deve ter ouvido falar da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, a SIPAT. Ela é um evento obrigatório, mas, muitas vezes, chato e cansativo. Afinal, quem é que gosta de ficar sentadinho, de segunda à sexta-feira, assistindo palestras sobre saúde e segurança no trabalho? É o tipo de assunto que todo mundo conhece, já cansou de ouvir e sabe o que deve fazer. Ou, ao menos, pensa saber. Percebendo que as pessoas geralmente dormiam nestas palestras, que o desinteresse dos funcionários era grande e que eles preferiam fugir a participar da SIPAT. O Londrinense Leonardo Leon silva resolveu investir em uma idéia diferente.

FOTO: Personagem Mariza durante a sipat 2013 do Grupo Menegotti.

“Depois que notei a dificuldade que o empresário tinha, e tem até hoje, da participação de seus colaboradores nas semanas de prevenção, comecei a desenvolver peças de teatro bem-humoradas junto com um grupo que tínhamos em Londrina, o BR3. O grupo durou três anos e montamos quatro peças voltadas para saúde e segurança do trabalhador dentro e fora do seu ambiente de trabalho”, conta.

Em outubro de 2010 ele criou sozinho a empresa SIPAT Show.
“Tínhamos muita dificuldade em levar um elenco de três ou mais atores para as empresas. Os custos são muito altos com transporte, alimentação, hospedagem e mais os cachês. Estava ficando inviável. Aí desmanchamos o grupo, cada um foi para o seu lado e eu resolvi criar o ‘paleteatro’, onde levo vários personagens que durante as palestras apresentam pequenas cenas de situações de risco que vivemos em nosso cotidiano. Foi uma empresa que começou muito pequena e hoje atende a todo o país”, lembra.

A mistura de palestras com teatro deu super certo, e rendeu até uma nova parceria.
“No início do ano passado fiz uma parceria com o mágico Raphael Lima, que tem um trabalho parecido mais trabalha a parte da segurança com o ilusionismo, um trabalho muito interessante. Hoje, quando estou com a agenda lotada, o Raphael vai no meu lugar e realiza o trabalho”.

Se o empresário tem a necessidade de alertar o colaborador e dar aquele ‘puxão de orelha’ nos desatentos, a SIPAT Show tem a solução!
“Levo uma mala com figurinos e adereços que pesa aproximadamente 20 quilos e tenho quatro palestras no formato show e 13 personagens caricatos que compõem as palestras”, explica Leonardo.

Os temas são bem abrangentes e podem ser adaptados à realidade da empresa. Os mais comuns são morte, perda e redução da capacidade de trabalho, ato e condição insegura, análise e percepção de riscos, uso dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), ambiente de trabalho tenso, conflitante e sob pressão, atenção, improvisação e desinformação e até meio ambiente.

“Essa coisa do 'paleteatro' consegue atrair muito mais a atenção dos trabalhadores. É incrível como eles participam e se envolvem com os personagens. E o legal é que é feito por uma só pessoa, o que deixa mais interessante, pela forma de caracterização, mudança de voz. É muito divertido e interativo.  Não nos apegamos aos apelos chatos e monótonos de abordagem. Trabalhamos o trágico e o cômico”, revela.


No site da empresa você encontra mais informações: www.sipatshow.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário