sábado, 11 de maio de 2013

SIPAT - “SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO”


SUB-TÍTULO: SIPAT – SEGURANÇA, INVESTIMENTO E LUCRO CERTO
SIPAT é a sigla de “Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho”. Trata-se de um acontecimento de caráter compulsório para Empresas brasileiras e estrangeiras estabelecidas no Brasil , conforme a alínea “o” do item 5.16 referente a NR 15, da portaria do Ministério do Trabalho e Emprego DSST número 8/99. 
Conforme indica a lei,  através da CIPA que é a sigla para “Comissão Interna de Prevenção de Acidentes” em parceria, preferencialmente, com o SESMT 
-que é a sigla para “Serviço Especializado em Engenharia e Segurança e Medicina do Trabalho”, essas Empresas devem promover, anualmente, a SIPAT - Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho.
Com  o objetivo profícuo de informar, de alertar e de dar consciência aos empregados e aos seus colaboradores a respeito da saúde e da segurança do trabalho, e também no intuito de se evitar e minimizar o número de acidentes nos ambientes de trabalho.
A Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho - SIPAT pode ser veiculada e explicitada nas Empresas em diversos formatos interessantes, como por exemplo: jogos lúdicos, apresentações humorísticas e teatrais, jograis, simpósios, conferências,  debates, discursos, exposições, mesas-redondas, treinamentos, pequenos cursos, além das avaliações médicas de âmbitos físico e mental, também deveras importantes.
 A SIPAT em comunhão com a CIPA, além de perfazerem entidades ou fenômenos legalmente necessários para as Empresas, abrangem também um caráter produtivamente importante, pois, além de terem o viés social fundamental no intuito de manifestação da boa saúde e do  respeito éticos, elas podem significar também maior produtividade e, logicamente, maiores lucros, ou seja, significam, portanto, um excelente INVESTIMENTO.
Pode-se constatar  e confirmar esta tese de que o exercício da CIPA e da SIPAT são INVESTIMENTO nos diferentes sentidos e acepções, pelas conseqüências de tal exercitar, que exporemos a seguir.
Quanto aos aspectos relativos diretamente às questões problemáticas de saúde, na Empresa, podemos apontar os seguintes itens que demonstram melhora, ao longo do tempo,  com a realização “CIPA – SIPAT”:
menor número de ações trabalhistas por problemas de acidentes de trabalho;
menor número de aposentadorias antecipadas compulsoriamente por motivos de saúde;
menor número de atrasos, de  faltas e de  licenças médicas  por motivos de saúde;
menor uso de aparato jurídico referentes aos problemas mencionados.
Quanto à realidade referente à produtividade propriamente dita no exercício do trabalho, podemos apontar: 
o desenvolvimento que se dá na manipulação das máquinas e dos equipamentos utilizados nas rotinas no que tange ao cuidado de si mesmo e da própria máquina;
economia em materiais e insumos diversos;
maior produtividade com menor gasto de energias diversas;
maior limpeza e organização nos ambientes de trabalho;
maior comprometimento e interesse relativos aos objetivos e metas da empresa neste quesito;
Com relação ao aspecto de seu próprio corpo, ou seja, o seu próprio físico, a partir da CIPA-SIPAT, notamos vários desenvolvimentos:
preocupação com os seus acompanhamentos médico e mental adequados;
pensar racionalmente quanto as posturas ergonômicas adequadas concernentes ao dia-a-dia;
conscientização quanto ao uso de drogas lícitas e ilícitas;
orientar-se e educar-se para uma alimentação balanceada;
consciência da importância da prática de esportes;
conhecimento da importância de se ter um sono adequado;
saber da importância de se evitar acidentes interna e externamente à empresa.
No que concerne ao âmbito ético-moral, a partir da efetivação da CIPA-SIPAT, o empregado tem a oportunidade de se expressar da seguinte maneira:
maior cuidado com o patrimônio da empresa;
portar-se solidariamente em relação aos colegas de trabalho;
valorização do grupo de trabalho;
valorizar-se individualmente na educação, no estudo, nas finanças e no lazer;
na atualização das atividades laborais;
valorização ecológica e de sustentabilidade natural no seu aspecto individual e empresarial.
A SIPAT - Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, em conexão ajustada com a CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, deve sempre elaborar os seus trabalhos a partir de temas que se coadunam com a realidade e contexto de cada Empresa, de seus empregados, de seus colaboradores, de seus patrões, de seus acionistas e de seus terceirizados. Deve, portanto, ser criteriosa pra efetivar este intuito, além de manter sempre um programa de segurança sempre atualizado, e para isso a SIPAT é de suma importância.
 Para tanto, é de fundamental importância que haja consultas a Empresas idôneas que desenvolvem este trabalho primordial focando a SIPAT,  pois são estas donas de grande técnica e experiência referentes a estes eventos.
BIBLIOGRAFIA:
FAMÁ, C. C. G. Critérios para Avaliação de Sistemas de Medição de Desempenho em Segurança e Saúde no Trabalho no Setor da Construção Civil. Porto Alegre, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, UFRGS, 2010. Dissertação de mestrado.

HENRIQUE, D. Diagnóstico dos Acidentes de Trabalho e das Condições de Segurança na Operação de Conjuntos Tratorizados , UFSM, 2002. Dissertação de mestrado.

BARREIROS, D. Gestão da segurança e saúde no trabalho: estudo de um modelo sistêmico para as organizações do setor mineral. Tese apresentada ao Departamento de Engenharia de Minas e Petróleo da Escola. Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002. Para a obtenção do título de doutor.
 Site: Ministério do Trabalho e do Emprego: WWW.MTE.GOV.BR

FONTE: SIPAT SHOW - PALESTRAS E TEATRO PARA SIPAT
ATENDEMOS EM TODO TERRITÓRIO NACIONAL
SOLICITE ORÇAMENTO PELO SITE : WWW.SIPATSHOW.COM.BR
WWW.SIPATSHOW.COM.BR
JORNALISTA: MAURO CUNHA FILHO (MTB.21.497-SP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário